Amor e amizade afectam sempre terceiros

Pretende-se sempre obter a mesma preferência que se concede; o amor deve ser recíproco. Para se conseguir ser amado, é preciso ser-se amável; para se ser preferido, é preciso ser-se mais amável que outro, mais amável que todos os outros, pelo menos aos olhos do objecto amado. Daí, os primeiros olhares sobre os nossos semelhantes; daí, as primeiras comparações com eles, daí a emulação, as rivalidades, o ciúme. Um coração penetrado de um sentimento que transborda gosta de se expandir: da necessidade de uma amada, em breve nasce a de um amigo. Aquele que experimenta a doçura de ser amado quereria sê-lo por todos, e todos não poderiam pretender ser preferidos, sem que houvesse muitos descontentes. Com o amor e a amizade, nascem as desavenças, a antipatia, o ódio. Do seio de tantas paixões diferentes, vejo a opinião que, para si mesma, erige um trono firme, e os estúpidos mortais, sujeitos ao seu domínio, basearam a sua existência nos juízos de outrem.
Jean-Jacques Rousseau, in Emílio

Comentários

Cláudia* disse…
Gosto imenso!
Se o amor n for reciproco é so uma pessoa a lutar pelos dois! é uma carga muito grande para um so ser humano indefeso.
Daniela Filipa disse…
porque dizes isso? :o
Daniela Filipa disse…
deves ter interpretado mal, nao ha nada que tu nao saibas :o

Mensagens populares