Cair em sonhos

Mexo-te no cabelo e tu fechas os olhos. Apoias a tua cabeça no meu ombro e acaricio-te o rosto, com todo o cuidado que posso ter para que te entregues a um pensamento longínquo sem despertares.
Abres os olhos e vês através da janela o rio que nos perfilha mesmo ao nosso lado, vês a ponte que o atravessa e as pessoas e os carros que nela se deslocam. Olhas mais uma vez e inventas histórias de cada coisa ou ser que por nós passam, olhas mais uma vez e reparas no que para muitos é imperceptível.
É disso que eu gosto em ti. Captas o que para mim não é claro, ouves o que não dou atenção, abraças um mundo exterior enquanto eu vivo no meu próprio. É disso que eu gosto em nós. Estas pequenas diferenças que para muitos são aterradoras unem-nos cada dia mais, fazem-nos cair mais uma e outra vez nos braços do outro.
E quando a noite chega e a despedida torna-se mais comum nos nossos dias, o meu coração junta-se ao teu e convertem-se num só. Os nossos olhos cruzam-se e os nossos lábios tocam-se, motivando mais um beijo, o último desse dia.
Levo para casa o teu cheiro na minha roupa e deito-me sobre os lençóis da minha cama. Encolho-me e cerro os olhos. Adormeço enquanto o teu cheiro me circunda o nariz e me penetra a pele.
Amanhã estaremos novamente juntos, amanhã adormecerei novamente com o teu cheiro. Até o dia em que adormecerás a meu lado, e seja o teu cheiro na tua pele que me faça cair em sonhos.



Comentários

DiogoL disse…
Lindo, amei!
Daniela disse…
que bonito, ângela. dos textos que mais gostei!
Bre disse…
Muuito lindo... Traz até calmaria pro coração da gente.

Mensagens populares